Translate

sábado, 18 de agosto de 2012

EX-GUEI, PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO


EX-GUEI, PASTOR SARGENTO ISIDÓRIO, QUE TAMBÉM É DEPUTADO EM ENTREVISTA POLEMICA AO GRUPO METRÓPOLE

















De falta de patente ele não morre: deputado, pastor, sargento. Outra coisa farta na vida do deputado estadual Pastor Sargento Isidório é polêmica. Mesmo assim, ele garante que não é contra o exame da dedada (próstata) como todos pensam.
Foto: Dario Guimarães / Grupo Metrópole



 Jornal da Metrópole – O senhor se declara ex-gay. Mas, e as pregas, uma vez idas, podem voltar?

Pastor Sargento Isidório: Depende de quando você foi gay. Quando você é criança, as pregas são tão elásticas que não resolvem nada. Aí, Deus recompõe tudo, ainda mais quando a gente tem distância já disso.

JM: O senhor acredita então na hipótese de Léo Kret virar um ex-gay como o senhor?

PSI: Acredito! Primeiro que o gay não tem o que uma mulher tem. O médico pode cortar, mas será apenas um rombo, e o que Deus faz é diferente, é lubrificado... É por isso que o homem já nasce com um toquinho, a mulher com a xerequinha, tudo para a glória de Deus.

JM: O senhor prefere tomar 50 chicotadas ou fazer um exame de próstata?

PSI: Prefiro fazer exame de próstata. Isso foi um jornal que deturpou a minha fala sobre o toque retal. Mas eu já tinha, havia um mês, apresentado um projeto para fazer campanhas educativas para quebrar o tabu dos machistas. Agora, o segredo do toque retal é o sujeito não se apaixonar pelo médico (risos).

JM: O senhor carrega um botijão de gás nas costas na propaganda eleitoral. O treinamento para aguentar tanto peso no lombo foi nas horas de troca-troca na infância?

PSI: Ah, não. É porque o ‘bujão’ de gás sai da Refinaria Landulpho Alves por R$ 18 e nada justifica o gás custar R$ 35. É um protesto. Mas o meu botijão agora é de isopor, porque o meu filho João Paulo, que é doca [seria caolho?] de um olho, deu a sugestão. Aí eu ‘rumei-la’ mão no pescoço dele e disse ‘ô, seu infeliz, depois que eu tô com o ombro todo lascado que você vem falar?’ (risos).


Do blog de Mário Kertész

2 comentários:

Otoniel M. de Oliveira disse...

Infelizmente aqui na Bahia temos esse tipo de imprensa que procura o lado imbecil de reportar os fatos. Lamento e deixo aqui o meu repúdio à esse arremedo de entrevista, que pretende informar da pior maneira possível.

SKYNET Tv ao vivo disse...

Rapaz, se é verdade não sei, mas que eh um caso esse Sgto, Pr, e agora Dep. Est, Isidorio, só me lembro do jingle: 40.333, 40.333, pastor sargento isidorio esta orando por vocês.... hilário este cidadão, eh euma pana sair tão caro de nossos bolsos a sua palhaçada...